MOTASA - A Marca da Panificação

Atendimento

EMPRESA

Caso de sucesso: “Quero que outros sintam alegria usando a Farinha Motasa”

Apresentamos nesta edição, uma cliente muito especial, Eliane Valadão dos Santos. Ela e a sócia, Mariulda Vergara, juntamente com a ajudante Cristiane Bartz, estão fazendo sucesso com seus salgados na cidade de Capão do Leão.

A história da Eliane, assim como de muitas outras salgadeiras, doceiras e demais profissionais do setor, tem um começo nada fácil, entretanto, com dedicação o reconhecimento acontece. Mas o sucesso da empresa Cristal Gastronomia tem seus aspectos peculiares. Um deles, a Farinha de Uso Profissional Motasa. Eliane conta que começou a fabricação de salgados usando vários tipos de farinhas. Ela relata que a massa grudava na mão, na mesa e era necessário o uso de muita farinha para dar ponto na massa e no desgrude da mesa. Muitas tentativas foram feitas e a ideia era encerrar os trabalhos.
Num determinado dia, o esposo de Eliane chegou em casa com um pacote da farinha Motasa, comprada no Atacado Krolow, de Pelotas, e um convite para um curso de salgados oferecido pela Motasa. Ela ficou receosa em fazer mais um teste mas, depois de alguns dias, arriscou. E elas levaram um susto, gritaram de alegria. A leveza da massa, a consistência, a cor e o fato de não virar um “grude” foram motivo de muita alegria. Mas a maior alegria estava reservada para o momento da fritura. Os salgados ficaram sequinhos e crocantes. A partir desse dia, todos os produtos foram feitos com a farinha Motasa. Posteriormente, fizeram o curso proporcionado pela Motasa. Então, Eliane e sua equipe se reinventaram e a empresa começou a fazer sucesso. As encomendas não param e elas tem projetos maiores para o futuro. Querem aumentar o mix de produtos e fazer novos cursos com a técnica da Motasa, Viviane Aguiar.

Eliane está empolgada com a farinha. “A farinha é maravilhosa, tenho prazer em abrir o pacote, tu sente a leveza. É uma emoção trabalhar com esta farinha e estamos falando para as outras pessoas que fazem salgados para usar a farinha da Motasa. Quero repartir com todos, essa satisfação”.

Whats